ALFABETIZAÇÃO: Fichas para pareamento de letras

O pareamento é uma parte muito importante do início da terapia, é esse período que ajuda a equipe a construir um relacionamento com a criança.

Uma, dentre tantas outras coisas importantes na terapia, é que o terapeuta esteja pareado com itens/brincadeiras divertidos e reforçadores. É preciso que a criança ache agradável tanto o ambiente quanto o momento da terapia, pois se ela estiver se divertindo, então estará motivada a trabalhar e brincar durante toda a sessão.

Os terapeutas ficam só brincando com a criança para definir o pareamento?

No início do tratamento a equipe precisa ter acesso a essa criança e com isso pode parecer que os terapeutas não estão fazendo nada além de brincar, mas o pareamento não é apenas brincadeira.

Em todo o período, além de estar desenvolvendo uma relação agradável com a criança, os terapeutas também estão testando e avaliando, tanto o interesse por reforçadores, como suas habilidades e barreiras.

Definindo pareamento

Pareamento é um termo comum e usado com freqüência por terapeutas ABA. Ele descreve o processo de construção do relacionamento com a criança. O terapeuta começa com um pareamento intenso e completo, onde tudo o que a criança gosta é disponibilizado para ela sem nenhuma demanda, ou seja, “de graça”.
Basicamente a relação terapêutica deve começar com baixa ou nenhuma demanda e alto reforço.

A função do pareamento

O terapeuta deve ser visto como alguém divertido que vem em sua casa algumas vezes na semana para brincar e não apenas para exigir que realize demandas. Por essa razão, são intercaladas tarefas e brincadeiras, dessa forma é possível aumentar a motivação da criança para que novas habilidades sejam ensinadas à ela.

Quanto tempo dura o período de pareamento?

No Grupo Conduzir, na maior parte dos casos, a equipe passa de 3 a 4 semanas realizando o pareamento e após essas semanas é dado início ao treino com metas mais especificas.

Como sei que o pareamento teve sucesso?

Quando o pareamento é realizado de maneira correta, a criança passa a ver o terapeuta como alguém que lhe proverá reforçadores (coisas que a criança gosta), dessa forma ela terá interesse em manter essa relação e estará motivada para o momento da terapia.
É fundamental que o terapeuta crie um bom vinculo com a criança para que a terapia tenha sucesso. O ambiente da terapia precisa ser um lugar divertido e de muita aprendizagem.

Dicas para auxiliar no pareamento

  • Brinque: quando conhecer a criança, mostre diferentes jogos, brinquedos e atividades e permita que ela brinque com os itens.
  • Avalie os reforçadores: descubra o que a criança gosta e o que é reforçador para ela. Se necessário, utilize o teste de preferência.
  • Itens fora do alcance: coloque os itens reforçadores em locais que a criança consiga ver mas não consiga pegar, dessa forma ela necessariamente precisará vir até você para ter acesso à Você será o provedor dos itens reforçadores.
  • Dê reforçadores: entregue os itens reforçadores de forma não contingente, ou seja, entregue-os sem exigir nada da criança.
  • Não tire os itens da criança: lembre-se que você ainda não quer colocar demandas para a criança. Permita que a criança explore e encontre brinquedos e atividades novas e divertidas, e você deve sempre estar junto brincando.
  • Varie os itens reforçadores: esteja atento para encontrar um novo item quando a criança já estiver desinteressada pelo anterior.
  • Defina o local da terapia: é importante parear o ambiente da terapia com reforçadores, portanto, tente levar a criança até o local e esteja sempre brincando com itens que são do interesse dela.

TEXTO RETIRADO DE: https://www.grupoconduzir.com.br/2017/11/30/autismo-pareamento/

DOWNLOAD EM PDF APÓS AS IMAGENS:

FICHAS PARA PAREAMENTO – ALFABETO

Posts Criados 582

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Begin typing your search above and press enter to search. Press ESC to cancel.

Voltar ao Topo