Por que presentear com Livros?

Todos os anos vários sites especializados publicam dicas e listas de livros como sugestões de presente de Natal. Por mais que pareçam repetitivas e generalizadas, essas listas cumprem importante função de divulgar as obras e estimular a tradição, hoje já bastante esquecida, de dar livros de presentes, principalmente no final do ano, época em que os recursos financeiros circulam mais.

E se essa tradição já era importante à cultura e, também, à economia, hoje, mais do que nunca, é fundamental por alguns motivos importantes. O primeiro é que o mercado editorial vem passando por uma crise sem precedentes, na qual editoras e livrarias fecharam suas portas e despediram empregados. Segundo, porque os livros e as ideias viraram alvos de ignorância de uns tempos para cá.

Nesse sentido, dar livros de presente não só no Natal, mas em outras datas festivas, não é só um estímulo à cultura e à economia. É um gesto que se reveste de resistência, pois proporciona a circulação das ideias. A cultura em geral, e a leitura em particular, tendem não só a estimular o pensamento crítico, mas desenvolver a criatividade, sensibilizar os corações, ler é uma atividade rica e estimulante para nossa mente.

No campo econômico, se o cenário já tinha sido ruim em 2018, os números mostram que 2019 não está sendo diferente. A Pesquisa Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro, do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e da Câmara Brasileira do Livro (CBL), já registra uma variação negativa de 8,27% neste ano em relação a 2018 no volume de vendas e no faturamento do setor.

Além de menos ideias circulando, essa crise no setor editorial representa mais pessoas desempregadas, uma vez que este mercado é composto por uma série de cadeias, da criação, passando pela produção, distribuição e chegando à mediação. Ou seja, trata-se de um setor que promove ocupação remunerada ao uma série de profissionais como escritores, ilustradores, diagramadores, vendedores, professores, bibliotecários, contadores de história, designer, etc.

Menos livros vendidos representa também menos bibliotecas, da mesma forma como menos bibliotecas representa menos livros vendidos. Sim, as bibliotecas representam fator estratégico para o marcado editorial não só porque compram livros, mas porque contribuem com uma cultura de leitores. Quanto mais sedimentada for a prática da leitura em uma sociedade,mais tendente será o crescimento do seu mercado livreiro.

Por todos estes fatores é importante se considerar carinhosamente a possibilidade de se dar livros de presente neste Natal. Livros sempre serão um presente encantador e um elogio, afinal, que leitor não gosta de ser lembrado pelo gosto da leitura?  Até mesmo do ponto de vista financeiro e são muitas as opções quanto à temas e estilos. E ainda que o presenteado não tenha o hábito da leitura, uma capa ou um assunto pensados com carinho podem resgatar neste, o prazer pela leitura.

Posts Criados 582

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Begin typing your search above and press enter to search. Press ESC to cancel.

Voltar ao Topo