Entenda: Denúncia de pai expõe atitude revoltante de Escola no Piauí

Um homem manifestou indignação ao divulgar uma lista elaborada pelo Instituto Dom Barreto, em Teresina, no Piauí, no qual a escola solicita brinquedos distintos para meninos e meninas; para eles, há sugestões de kits profissão como médico, mecânico e bombeiro. Para elas, o kit profissão pede coisas se salão e cozinha. A escola, em nota, afirmou que não tinha por objetivo segregar e que excluirá os dois itens da lista.

O relato do caso:

“Já discuti por diversas vezes com colegas e amigos sobre o sistema de ensino no Brasil, e o alcance a qualquer custo de médias altas no enem, com o único intuito de autopromoção das escolas……

Aí, me deparo com a relação dos materiais da minha sobrinha, que irá estudar em uma das “melhores” escolas do Brasil, de acordo com o enem….. Instituto Dom Barreto

Kit profissão para meninas: salão e cozinha
Kit profissão para meninos: médico, mecânico e bombeiro

Bola APENAS para meninos

Funil para meninos e peneira para meninas

O futuro dessas crianças dependem de vocês, nós…..

Não adoeçam as crianças, não alienem as crianças, ensinem a elas sobre o mal do machismo, preconceito e homofobia, quando for o momento mais adequado!!!!

Estudar 12 horas por dia, ensinar sobre temas e assuntos que vão ser inexistentes no mundo real e profissional após a escola, pressionar os adolescentes que devam ser apenas engenheiros, médicos e advogados…..isso adoece a sociedade, valoriza apenas algumas profissões e desvaloriza outras várias, tão importantes quanto (quem é você para dizer que sua profissão é mais importante que outra?!)

Do mais, ficam meus lamentos……”

A imagem pode conter: possível texto que diz "Corpo, gestos e movimentos 4. MATERIAL DE USO COLETIVO (FICARÁ NA ESCOLA) 11 (uma) bola identificada, para ser utilizada em jogos e re- creação (apenas para meninos); (um) balde de areia; (um) funil (MENINOS); (uma) peneira (MENINAS)."

A imagem pode conter: possível texto que diz "9. MATERIAL LÚDICO (BRINCAR o FAZ DE CON- TA) (um) brinquedo educativo na faixa etária da criança (o brinquedo é aquele necessidades e possibilidades cada dá cuidar da segurança. Como pequenos levam à (um) adereço de fantasia (varinha, chapéu, borboleta, de personagens (um) fantoche, cabeça de bichinho; carro de brinquedo (RESISTENTE E GRANDE) meninos meninas; de borracha (grande) para se familiarizar com o mundo profissão (médico, mecânico, bombeiro) para MENINOS; kit profissão (salão, cozinha) para as MENINAS (Peças grandes). instrumento musical para aulas de musicalização PODE SER BRINQUEDO)."

Veja abaixo a postagem original de Alberto no Facebook:

Já discuti por diversas vezes com colegas e amigos sobre o sistema de ensino no Brasil, e o alcance a qualquer custo de…

Publicado por Alberto Bona em Sexta-feira, 27 de dezembro de 2019

A situação revoltante exposta por Alberto só nos mostra que apesar das mudanças na sociedade, a desigualdade, os preconceitos, o machismo, os esteriótipos e quaisquer outros instrumentos de segregação, só servem para nos limitar, nos imobilizar e controlar. Que tenhamos consciência em educar, ao lidar com o desenvolvimento e os sonhos de nossos alunos, de forma a não podá-los. Ainda não podemos falar de oportunidades iguais, num país tão desigual e injusto, mas podemos falar em capacidades iguais. Nenhuma característica física ou o gênero podem impedir um indivíduo de sonhar, se preparar e exercer uma profissão em nossa sociedade.

Lutemos pela Educação!!!

Posts Criados 582

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Begin typing your search above and press enter to search. Press ESC to cancel.

Voltar ao Topo